.

.

.

.

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

ESPORTE: Jogo entre Jacuipense e Esporte Clube Bahia leva emoção a Arena Valfredão, mas terminou no 0 a 0



Muita animação da torcida já era registrada faltando ainda 30 minutos para o inicio do jogo no Estádio Eliel Martins – Arena Valfredão, gritos de guerra da torcida organizada contagiava aos demais torcedores que mesmo com o jogo sendo transmitido ao vivo pela tv aberta fizeram questão de ir ao estádio prestigiar os times.

Um tom de rivalidade das torcidas acalorava o jogo, mas tudo com tranquilidade e harmonia, nenhuma briga foi registrada entre torcedores, apenas alguns “bate boca” logo controlados pela Polícia Militar. A partida começou com um atraso de mais de 15 minutos por conta dos geradores que foram usados para acender os refletores da arena, pois a rede geral não suporta a força. 



Segundo informações houve um atraso na chegada dos caminhões que carregam os mesmo, e também na instalação da fiação, o que deixou o estádio as escuras por mais de oito minutos, a torcida vaiou e a transmissão que era feita por uma tv aberta teve de ser improvisada para não deixa “buraco”. Cerca de 20 minutos depois do horário previsto a bola rolou.

Mas o “apagão” não foi o único entrevero da noite esportiva, cachorro indo para o gramado, torcida organizada com sinalizadores, que são proibidos em estádios, e o gramado, acusado de ser o grande vilão da partida. Ao final do jogo o técnico Guto Ferreira foi incisivo e disse: “Eles dizem que isso é um tapete, não é, não há mínima condição de um bom jogo com esse gramado”… (Veja no vídeo).

Agora Jacuipense se prepara para as próximas rodadas e jogos, o mais preocupante é o jogo contra o Fluminense de Feira, que segundo o presidente Felipe Salles será alvo de muita preparação e treinos para o time chegar forte e conquistar mais pontos no campeonato.

VEJA O VÍDEO:

 

REPORTAGEM - ALANA ADRIELLE.
IMAGENS E FOTOS - ENZO SEBAH.
Postar um comentário