.

.

.

.

segunda-feira, 6 de junho de 2016

ATUALIDADE: Governador da Bahia assina empréstimo para reforma de rodovias baianas, mas BA-120 trecho Coité-Riachão-Serra Preta ficam de fora do benefício




Semana passada, mais precisamente na terça-feira (31), o governador da Bahia, Rui Costa, assinou em Brasília um empréstimo no valor de R$ 200 milhões no Banco internacional de Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD) para reformas de rodovias baianas, mas a BA-120 nos trechos que conferem Conceição do Coité, Riachão do Jacuípe e Serra Preta ficaram de fora da lista de rodovias beneficiadas.

O fato causou revolta na população da região do sisal que dependem da BA para se locomover e também escoar produções rurais. O trecho mais afetado fica entre Riachão e Coité, a cerca de seis meses máquinas estiveram na via fazendo serviços, o que deixou a população esperançosa da tão esperada reforma, mas apenas o asfalto foi retirado.


Quem mais sofre com o estado na rodovia são os motoristas e passageiros do transporte alternativo Riachão e Coité, muitas pessoas precisam ir até a cidade vizinha para exames mais complexos, feitos em clinicas da cidade, os motoristas da linha ao invés de lucros só somam prejuízos. 


No trecho que vai de Riachão até Serra Preta os buracos tomam conta, o trecho mais perigos dos 36 quilômetros entre as cidades é a conhecida “curva de Agenário”, o asfalto praticamente sumiu, com um constante trânsito de motos o local já registrou cinco acidentes, nenhum deles com vitimas fatais, mas o risco só aumenta com o passar do tempo e a falta de manutenção da via. O governador já prometeu por duas vezes começar as reformas dos dois trechos, mas até o momento ainda não se tem uma data definitiva para começar as obras.

VEJA O VÍDEO:

  

POR ALANA ADRIELLE.
Postar um comentário