.

.

.

.

sexta-feira, 20 de maio de 2016

ATUALIDADE: Cidade de Riachão do Jacuípe volta no tempo e tem água salobra de volta às torneiras



A população de Riachão do Jacuípe acordou com uma ingrata surpresa na manhã desta sexta-feira (20), a água das torneiras da cidade trouxeram de volta um passado já esquecido a mais de três anos na cidade, a água salobra.

Na verdade desde a tarde da ultima quinta-feira (19) a população já percebia a diferença, mas só na manhã de hoje o fato ficou mais evidente, devido ao forte cheiro que também surgiu na água. “Fui começar a lavar minhas roupas e o sabão cortou, além de um mau cheiro triste na água, chega deu vontade de vomitar”, disse a dona de casa Cleuza Silva. “Fui beber um copo de água cheguei ficar engasgado, muito ruim, e pior que ninguém da Embasa esclarece o que houve”, disse Anderson Costa.


A água de Riachão passou a ser doce a mais de três anos, desde então muitas pessoas tem feito uso da água da torneira para beber e afazeres domésticos, devido à escassez de chuvas na região que para quem tem tanque de reserva da chuva ficou difícil “aparar” água. Outro fato são os altos preços dos garrafões de água mineral.

Nossa reportagem entrou em contato com a assessoria da Embasa em Feira de Santana, mas no momento da ligação não obtivemos nenhuma resposta sobre o fato. Durante todos os programas jornalísticos das rádios da cidade hoje pela manhã, a principal reclamação foi esta. Nossa redação também recebeu diversas ligações e mensagens via Whatsapp, inclusive com relatos do fato acontecendo  em Gavião, Nova Fátima e Pé de Serra.

POR ALANA ADRIELLE – DA REDAÇÃO
Postar um comentário