.

.

.

.

terça-feira, 29 de setembro de 2015

ENTREVISTA: Chico Manfredinni fala sobre a 4ª Parada LGBTS de Riachão do Jacuípe que será dia 11 de Outubro





Um dos organizadores da Parada LGBTS de Riachão do Jacuípe, Chico Manfredinni, falou sobre todos os preparativos para a 4ª edição do evento. Chico que além de produtor cultural, também faz parte do departamento de cultura da cidade, que faz parte da pasta de Educação.


A 4ª Parada Gay ou da Diversidade, tem como tema a frase do Papa Francisco, “Quem sou eu para julga-los”, frase dita pelo Papa quando foi questionado a respeito de gays que procuram a igreja católica como religião e não mudam sua concepção sexual. “O que é importante é uma teologia do pecado, quantas vezes penso em São Pedro, que cometeu tantos pecados e venerava Cristo, e esse pecador foi transformado em papa, a imprensa tem escrito muita coisa sobre o lobby gay, eu ainda não vi ninguém com uma carteira de identidade do Vaticano dizendo (sou gay)...”.


E continuou, “... dizem que há alguns, acho que devemos distinguir entre o fato de ser gay e fazer lobby gay, porque nenhum lobby é bom, isso é o que é ruim, se uma pessoa é gay e procura Deus e tem boa vontade, quem sou eu, por caridade, para julgá-la?”, disse o Papa em uma entrevista a Revista Veja. 

No Brasil, o Supremo Tribunal Federal reconheceu, em 2011, a união estável entre pessoas do mesmo sexo. Os ministros consideraram que, mesmo sem menção no texto constitucional, os direitos civis de casais do mesmo sexo não poderiam ser negados. Em maio de 2013, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) aprovou uma resolução que proíbe os cartórios de se recusarem a realizar o casamento civil entre pessoas do mesmo sexo e os obriga a aceitar os pedidos de conversão de união estáveis em casamentos. Até então, a concessão do direito ficava a critério de cada cartório e muitos casais precisavam levar seus pedidos à Justiça.


E é com este objetivo que o Grupo Gay de Riachão do Jacuípe (GGRJ) toma as ruas da cidade, com a quarta edição da Parada Gay como forma de conscientizar a todos contra todo tipo de violências e fobias aos LGBTS. Dia 11 de outubro todos juntos em festa e conscientização.

VEJA O VÍDEO:



REPORTAGEM E IMAGENS - ALANA ADRIELLE.


Postar um comentário