.

.

.

.

terça-feira, 5 de maio de 2015

URGENTE: Famílias de Tanquinho ocupam casas populares do Minha Casa Minha Vida e exigem lista com nomes de quem realmente precisa

 


Há um mês as casas da segunda etapa do Minha Casa Minha Vida foi ocupada por famílias sem teto da cidade de Tanquinho. Os mesmo alegam que as casas estão com as obras paradas e que os nomes colocados na lista de contemplados são de pessoas que já possuem ou estão construindo casas no centro ou na zona rural da cidade.

A vereadora Professora Kel foi acionada pelas famílias e buscou junto aos órgãos competentes s informações do termino da obra e a lista dos escolhidos, segundo ela, a informação do Ministério das Cidades, através do Diretor Marcelo, responsável pelo setor de habitação, o prazo final para toda obra concluída é julho de 2015.

Um representante do banco financiador da obra esteve em Tanquinho fiscalizando o andamento das construções, e disse que a empresa responsável ainda tem saldo a receber, e o que está pronto equivale a 70% d demanda.

No local é nítida a falta de estrutura e saneamento, sem sanitários, fossas abertas se transformaram em foco de dengue, e segundo as famílias não passa agentes de saúde nem nas novas casas e nem nas da primeira etapa já prontas para por remédio, esgoto a seu aberto para todo lado, lixo espalhado, e o pior, falta de segurança, pois as casas estão sem portas e janelas.


Por outro lado, casas da etapa 1 estão fechadas ou alugadas, segundo as denuncias das famílias, e até as que não estão prontas da etapa 2 tem nomes na lista que tem condições financeiras ou não se encaixa nas exigências de perfil do programa para ser contemplados, e ainda existem ameaças de retirada a força por policias e segundo eles perseguição, pois estão impedindo as crianças das famílias das ocupações de serem levadas nos AMARELINHOS ESCOLAR, para as escolas e também estão multando carros que estejam levando moveis para as casas populares como mudanças.

“O que a gente quer é um teto para morar, tem gente aí que nem precisa e ganhou a casa, queremos solução”... Disse uma das ocupantes.

VEJA O VÍDEO:


 

REPORTAGEM E IMAGENS - ALANA ADRIELLE

APOIO:

 
Postar um comentário