.

.

.

.

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

URGENTE: Prefeito da cidade de Pé de Serra é cassado e deve deixar a prefeitura imediatamente



Na manhã desta quinta-feira (28) em entrevista a Radio Baiana FM de Riachão do Jacuípe, no jornal Fala Comigo ancorado pelo radialista Agenor Filho, o advogado especializado em causas de direito eleitoral, Doutor Jorge Rios Junior, leu a decisão do Tribunal de Justiça, que determina afastamento imediato do Prefeito Hidelfonso e a suspensão de seu diploma.

Ainda de acordo com o advogado, assumirá a prefeitura, o Presidente da Câmara de Vereadores Carlos Geovan Rios interinamente e em seguida devem ser convocadas novas eleições municipais, ele ainda disse que cabe recurso perante o Tribunal Superior Eleitoral Federal, mas mesmo recorrendo, o Prefeito deve deixar imediatamente o cargo, conforme a decisão.



Logo depois falou o vereador Jorge Rios, que em sua fala disse que o processo ainda pede a prisão do Prefeito, e disse que após trinta dias, em que o Presidente assume, deve ocorrer uma eleição indireta, onde pode vir a assumir o segundo colocado nas eleições de 2012 ou algum vereador da casa.

Segundo o edil, a decisão surpreendeu, pois no mês de outubro de 2014 a pena era apenas de perda de mandato e a prisão sendo substituída por trabalhos voluntários, sendo que os advogados do Prefeito recorreram, e agora a decisão final saiu sem opção de substituição de pena, o que surpreendeu até a oposição da cidade.

Nossa reportagem entrou em contato com a Prefeitura de Pé de Serra, mas ninguém quis comentar o assunto, e quem a tendeu ao telefone disse que o expediente ocorre normalmente no prédio onde funciona a mesma.


DA REDAÇÃO (Fotos da internet sites: Jornal Grande Bahia e Portal Câmara de Vereadores de Pé de Serra)
 

Postar um comentário