.

.

.

.

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

CULTURA: Mais uma edição do Furdunço Cultural movimentou Riachão do Jacuípe e fez homenagem a Vinicius Matos




No último sábado (24) aconteceu mais uma edição do Furdunço Cultural, evento que já faz parte do calendário cultural da cidade de Riachão do Jacuípe. A edição do Furdunço, contou com a participação maciça dos músicos jacuipenses, nesta que foi uma das melhores edições do Evento. O produtor Cultural Joselito Soares, abriu os trabalhos, ressaltando a importância do homenageado no campo da música, tanto na nossa cidade, como na região. 


“Vinicius é querido por todos que tiveram a oportunidade de conviver com ele. Um ser iluminado, que em sua curta trajetória aqui na terra, teve o dom de encantar a todos, seja com sua música, seja com sua humildade enquanto pessoa. Sei que ele está aqui, vendo esta homenagem que estamos fazendo. Agradeço a Família, que está presente, Abraço no coração de vocês meus queridos, a emoção é muito grande”. Disse Joselito.


A Secretária de Educação Esporte e Cultura, Ana Rita Rios, acrescentou a importância da escolinha de música para a Formação musical na cidade. 


“O nosso amigo e colega que passou por aqui, deixou seu perfume, e até hoje exala em nossas vidas. Grande professor, grande colega, grande aluno, grande amigo, como foi colocado aqui, e a gente não se esquece e nunca vai se esquecer, porque na verdade aquilo que ele plantou, as sementinhas que ele deixou, ficou no coração de cada criança que estudou durante o ano de 2013,na escola municipal de música Manoel Inácio, realmente ficou marcado. Quando me recordo dos alunos da APAE aprendendo a tocar o teclado, e quando a gente se deparava com aquele aluno especial tocando, não tem como a gente esquecer da sua imagem da sua pessoa, de todo seu trabalho, de todo seu legado”. Pontuou Ana Rita em sua fala.



A prefeita Tânia Matos, no uso da palavra, disse: 


“Vinicius sempre foi este músico dedicado, bem como um exemplar professor, reconhecido por todos. Sempre foi um bom filho, um grande profissional, um grande ser humano, que deixou uma boa impressão para com aqueles que conviveram com ele”. Ainda em sua fala Tânia reafirmou seu apoio ao projeto do Furdunço Cultural nas próximas edições.


Na ultima parte do Furdunço, o irmão de Vinícius, Vitor Matos, junto aos demais familiares presentes, subiu ao palco e deu um emocionado depoimento de sua convivência com o irmão, suas experiências musicais, o carinho e o convívio no dia a dia em casa, também cantou uma musica em homenagem ao irmão. O evento fez jus ao seu nome e promoveu um espetáculo ao integrar as várias gerações de músicos jacuipenses que, um a um, foram subindo ao palco e formaram uma super banda, onde cantaram muitos sucessos atuais e clássicos da música popular, coroando com chave de ouro mais uma edição do Furdunço Cultural.

Com informações e imagens de Joselito Soares (Zelito) membro do departamento de cultura de Riachão do Jacuípe.
Postar um comentário