.

.

.

.

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

ATUALIDADE: Prefeita de Riachão do Jacuípe recebe equipe da SESAB e Deputado Alex da Piatã para traçar metas de combate imediato à chicogunya na cidade.




A Prefeita Tânia Matos recebeu na manhã desta quinta-feira (22), o Deputado Estadual Alex da Piatã a equipe da Sesab para traçar metas e planos para um combate mais efetivo o vírus da Chicogunya. Mutirões de limpeza, equipes de agentes treinados, visitas aos bairros, ações de combate, tudo isso será feito em prol do combate a esta doença que vem assolando e preocupando nossa população.

“É prioridade para mim, cuidar da saúde de nosso povo, estou muito preocupada com os rumos que vem tomando esta doença em Riachão, é um fato preocupante, mas vamos conseguir vencer mais esta batalha”, disse a Prefeita.

A Superintendente de vigilância e proteção à saúde do Estado da Bahia Ita de Cassia Aguiar Cunha esteve presente também na reunião, segundo ela tudo que a Sesab dispor para que possa ajudar ao município será colocada à disposição de Riachão do Jacuípe no combate a epidemia.

“Vamos disponibilizar um veiculo para ficar a disposição de uma equipe que será especifica no combate aos focos que surgirem e combate aos que já existem, será uma ação de grande impacto para que possamos tirar Riachão do Jacuípe dessa, a cidade já conta com uma medica que foi treinada e capacitada com uma equipe da saúde do Estado, teremos outros médicos também se capacitando, e este projeto será um piloto para outras cidades da região”. Disse Ita de Cassia. 



É sempre bom reforçar que o mosquito transmissor da chicogunya é o mesmo que transmite a dengue, o aedes aegypti. O carro fumaçê está em Riachão e rodando em todos os bairros, a orientação é que no momento em que o carro estiver passando na rua, todas as janelas e portas das residências devem ficar abertas, para que o veneno possa penetrar por todos os cômodos da casa.

Devemos ressaltar também, de que o veneno do carro fumaçê mata apenas os mosquitos adultos, e não as larvas e nem os ovos, por isso a melhor forma de evitar a proliferação é tampar caixas de agua, esgotos, manter plantas em caqueiros com areia, quitais limpos e livres de entulhos ou restos de plantas, permita sempre o acesso do agente comunitário de saúde de seu bairro, ele pode ajudar muito nas orientações de combate ao mosquito.

Os sintomas são os mesmo da dengue só que muito mais fortes, como as dores e febre, sendo mais violentos os sintomas, as dores causadas nas articulações podem durar de meses a anos, dependendo da idade da pessoa infectada. A Secretaria de Saúde de Riachão do Jacuípe estará em conjunto com a Secretaria de Saúde do Estado dando total atenção aos casos já existentes e evitando que mais casos venham a ocorrer. 

ASCOM/Prefeitura Municipal de Riachão do Jacuípe.
Postar um comentário