.

.

.

.

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

ATUALIDADE: PROERD forma 200 alunos do curso 2014 em Riachão do Jacuípe, em 2015 PM pretende ampliar o projeto na cidade




O Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (PROERD) tem como base o D.A.R.E. (Drug Abuse Resistance Education), e foi criado pela Professora Ruth Rich, em conjunto com o Departamento de Polícia da cidade de Los Angeles, EUA, em 1989. Atualmente o Programa está presente nos 50 estados americanos, e em 58 países inclusive o Brasil.

O Programa é pedagogicamente estruturado em lições, ministradas obrigatoriamente por um policial militar fardado, que além da sua presença física em sala de aula como educador social, propicia um forte elo na comunidade escolar em que atua, fortalecendo o elo: Polícia Militar, Escola e Família. O Programa oferece em linguagem acessível às faixas etárias que se direciona, uma variedade de atividades interativas com a participação de grupos em aprendizado cooperativo, atividades que foram projetadas para estimular os estudantes a resolverem os principais problemas na fase em que se encontram vivendo.


A Polícia Militar (PM) desenvolve desde o ano passado o programa na rede de ensino da Bahia, oferecendo atividades educacionais voltadas à prevenção ao uso de drogas e à violência nas instituições de ensino. O programa foi aplicado em diversas escolas municipais de Riachão, tendo em 2014 duzentos alunos beneficiados. A formatura aconteceu na manhã desta terça-feira (9) no Ginásio de Esportes de Riachão, e contou com a presença da corporação da PM, autoridades, da Prefeita Tânia Matos e da Secretária de Educação Ana Rita Rios.

O coordenador do curso na região Serrinha/Riachão, o Capitão Luciano Araújo Lima, falou como funciona o PROERD e sua importância para estas crianças e adolescentes. A Prefeita destacou a parceria entre escolas municipais e o projeto, e as crianças e seus pais, que estavam presentes falaram do orgulho e da confiança no PROERD e na Policia Militar.

“É muito importante para nossas crianças e seus pais, eles saírem das escolas com essa base, o PROERD oferece a eles um horizonte, nesse assunto tão delicado que é as drogas, e que muitas vezes os pais não sabem como abordar, com estas crianças, ou por timidez ou por medo, e aí é onde entra o monitor da PM, levando este ensinamento e esta informação a estes jovens, que nada mais são do que o futuro de nossa nação e precisam ser cuidados com atenção e carinho diante do quadro atual em questão das drogas e da violências”. Defendeu a Prefeita Tânia Matos.

Cinco medalhas foram dadas a cinco alunos representando cada escola, três bicicletas também foram presenteadas as três melhores redações com o tema inspirado no aprendizado do projeto. O soldado Cavalcante, que foi monitor na escolas recebeu uma homenagem dos alunos, no final uma aluna recitou o juramento do aluno PROERD. Segundo o Capital Lima, em 2015 a pretensão é aumentar as turmas e ampliar o projeto em Riachão do Jacuípe.

VEJA MAIS FOTOS:

 

VEJA O VÍDEO:

 

REPORTAGEM E IMAGENS - ALANA ADRIELLE
Postar um comentário